Escola de Negócios EENI Business School

Espaço Económico Budista - ASEAN, China


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) da EENI

Integração económica da Civilização Budista (Mahayana, theravada)

Budismo e Negócios Internacionais

A UC «Espaço Económico Budista» ministrada pela EENI Global Business School é composta por sete partes:

  1. As características do Espaço Económico da Civilização Budista
  2. O budismo e o Espaço Económico Budista
  3. Perfil económico dos países budistas
  4. Empresários budistas
  5. Integração económica asiática da Civilização Budista (instituições, acordos...)
  6. A Civilização Budista e a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN)
  7. Interações da Civilização Budista com as outras civilizações
  8. Instituições económicas relacionadas com a Civilização Budista

Objetivos da unidade curricular «Espaço Económico Budista»:

  1. Definir as características do Espaço Económico da Civilização Budista
  2. Analisar a influência do budismo no Espaço Económico Budista
  3. Conhecer o perfil económico dos países budistas
  4. Analisar o perfil dos homens de negócios budistas
  5. Compreender os processos de integração económica da Civilização Budista
  6. Conhecer as relações económicas da Civilização Budista com as outras civilizações (ocidental, Sínica, hindu, islâmica e africana)
  7. Analisar as principais organizações económicas relacionadas ao Espaço Económico Budista

Budismo Ética Negocios

1- Introdução ao budismo e a Civilização Budista.

  1. O Budismo
  2. Os princípios da ética budista
  3. Dos budistas líderes da paz: Aung San Suu Kyi e o Dalai-lama
  4. O budismo no mundo
    1. O budismo no ocidente

2- Espaço Económico da civilização budista. O perfil económico dos países budistas.

  1. O espaço Mahayana: a China, a Coreia do Sul, o Japão (Zen), o Vietname, Singapura, o Nepal e Taiwan
  2. O espaço Theravada: a Birmânia (Myanmar), o Camboja, o Laos, o Sri Lanka e a Tailândia
  3. O espaço vajrayāna (Lamaísta): o Butão, a China (Sudoeste), Tibete, a Mongólia

Notas:

  1. O perfil económico da China analisa-se na unidade na Civilização Sínica
  2. Outros países com minorias budistas (no incluídos nesta análise): o Nepal (Mahayana) e a Índia (sobre tudo theravada e lamaísta)

3- Empresários budistas.

  1. Doutor Kazuo Inamori (Japão)
  2. Kith Meng (Camboja)
  3. Padma Jyoti (Nepal)
  4. Lee Kun-hee (Coreia)
  5. Thaksin Shinawatra (Tailândia)
  6. Chang Yung-fa (Taiwan)

Estudantes, Comércio Exterior Mestrado Doutoramento

A UC «Espaço Económico Budista» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School:

Curso: Budismo e negócios.

Mestrado em Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Religiões e Negócios.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramentos: Ética, Religiões e Negócios, Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Civilización budista Em Buddhist Civilization Estudar mestrado negócios internacionais e comércio exterior em Francês Civilisation Bouddhiste.

  1. Créditos da UC «Espaço Económico Budista»: 2 ECTS
  2. Duração: 2 semanas

Negócios no Sudeste Asiático - ASEAN

4- Integração económica asiática da Civilização Budista (instituições, acordos...).

  1. Cooperação Económica do Mekong (o Camboja, o Laos, Mianmar, a Tailândia e o Vietname)
  2. Comissão do Rio Mekong (o Camboja, o Laos, a Tailândia e o Vietname)
  3. Sub-região do Grande Mekong (o Camboja, a China, o Laos, Mianmar, a Tailândia, o Vietname.)
  4. Acordo Singapura-Japão
  5. Acordo China-Singapura
  6. Acordo Singapura-Coreia
  7. Acordo de Cooperação Económica China-Taiwan
  8. Acordo comercial Laos-Tailândia
  9. Corredor Nanning-Singapura
  10. Zona Económica do Pan-Golfo de Beibu
  11. Corredor Leste-Oeste (Mianmar-Vietname)

Exemplo:
Corredor Económico Nanning (China)-Singapura, ASEAN Área de Livre-Comércio

5- A Civilização Budista e a ASEAN.

Singapura, a Tailândia, o Vietname, o Laos, Mianmar e no Camboja fazem parte da ASEAN.

  1. Área de livre-comércio da ASEAN
  2. Comunidade Económica da ASEAN
  3. Os acordos e áreas de livre-comércio da ASEAN com os países da Civilização Budista: o Japão, a Coreia, a China
  4. Os acordos e áreas de livre-comércio da ASEAN com as outras civilizações:
    1. Civilização Islâmica: o Paquistão. A Tailândia faz parte do Triângulo de Crescimento da ASEAN (IMT-GT) (junto com a Indonésia e a Malásia)
    2. Civilização Ocidental: o Canadá, a UE os EUA, Austrália-Nova Zelândia
    3. Civilização Hindu: a Índia
    4. Civilização Ortodoxa: a Rússia

6- Interações da Civilização Budista com as outras civilizações.

  1. Com a civilização Ocidental
    1. Com o Espaço Económico europeu:
      1. a UE tem acordos com a Coreia do Sul e a China. O Butão, Camboja, o Laos, Mianmar e a Mongólia (SPG+) são beneficiários do SGP da UE
      2. A AELC tem um acordo com a Coreia e Singapura
    2. Com o Espaço Económico americano
      1. Norte-americano: os EUA têm acordos com a Coreia e Singapura
      2. Latino-americano. Os países budistas têm acordos comerciais com os seguintes países latino-americanos
        1. A China: o Chile, o Peru, a Costa Rica, a Comunidade Andina
        2. A Coreia do Sul: o Chile, o Peru
        3. O Japão: o Chile, o México
        4. Singapura: o Panamá, o Peru
        5. Taiwan: El Salvador-Honduras, Guatemala, Panamá e Nicarágua
      3. Caribenho. Nenhum país budista tem acordos comerciais com os países caribenhos
    3. Com o Espaço Económico da Oceania: Singapura-Austrália, Singapura-Nova Zelândia, Tailândia-Nova Zelândia, China-Nova Zelândia
  2. Com a Civilização Africana
    1. O Japão: a Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África
    2. A Coreia: a Associação África-Coreia do Sul
    3. A China: o Fórum de Cooperação China-África (FOCAC). A cooperação África-Países BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul) (a China é os países BRICS)
    4. Todos os países budistas fazem parte da Nova Parceria Estratégica África-Ásia (NAASP)
    5. Corredor Ásia-África
  3. Com a Civilização Hindu: a Índia tem acordos com a Coreia, Singapura, o Sri Lanka, o Butão e a Tailândia
  4. Com a civilização muçulmana: acordo Singapura-Jordânia, o Acordo de Livre-Comércio Paquistão-Sri Lanka, o Acordo de Livre-Comércio Butão-Bangladeche, o acordo China-Paquistão
  5. Os acordos intercivilizacionais
    1. A China, a Coreia do Sul, o Laos e o Sri Lanka: Acordo Comercial Ásia-Pacífico
    2. A China, a Coreia do Sul, o Japão, Singapura, a Tailândia, Taiwan e o Vietname: APEC
    3. Singapura e o Japão: Acordo Transpacífico de Associação Económica
    4. Singapura, o Sri Lanka e a Tailândia: Associação da Bacia do Oceano Índico
    5. Myanmar, o Sri Lanka, a Tailândia e o Butão: Iniciativa da Baía de Bengala
    6. O Butão e o Sri Lanka: a Associação Cooperação da Ásia do Sul (SAARC) e a Cooperação Económica da Ásia do Sul
    7. O Butão, Mianmar e o Sri Lanka: União de Compensação Asiática
    8. A China e a Mongólia: o Cooperação Económica da Ásia Central
    9. A China é membro da Organização para a Cooperação de Xangai
    10. O Vietname tem uma Área de Livre-Comércio com a União Económica Eurasiática
    11. Corredor Almaty-Bisqueque
    12. Nova Rota da Seda (China-Europa)
    13. Corredor Bangladeche-China-Índia-Mianmar

* Neste módulo apresentam-se somente os principais acordos de livre-comércio relacionados com a Civilização Budista.

7- As organizações económicas relacionadas com a Civilização Budista.

Organizações Asiáticas

  1. Diálogo Ásia-Europa
  2. PEEC
  3. Fórum para a Ásia
  4. Diálogo de Cooperação de Ásia (ACD)
  5. Fórum de Cooperação América Latina-Ásia do Leste (FOCALAL)
  6. Diálogo Ásia-Médio Oriente (ASEM)
  7. ESCAP
  8. Banco Asiático de Desenvolvimento
  9. Plano Colombo
  10. NU
  11. FMI
  12. OMC.

Budismo

Espaço Económico Budista.

Enquanto no todo o mundo é de acordo na existência de uma Civilização Budista atual, nos consideraremos que se existe (o é emergindo) uma Civilização Budista, dividida em três grandes grupos:

1. Espaço Económico Mahayana.

  1. Estima-se que o praticam uns 185 milhões de habitantes (56% do total de budistas)
  2. Principais países Mahayana são China, o Japão (Zen), a Coreia do Sul, o Vietname, Singapura, Taiwan e Nepal (país hinduísta)

2. Espaço Económico theravada.

  1. Estima-se que o praticam uns 124 milhões de habitantes (38% do total de budistas)
  2. Principais países theravada são Tailândia, o Sri Lanka, Birmânia (Myanmar), o Laos, Camboja e a Índia

3. Espaço Económico lamaísta (Vajrayāna).

  1. Estima-se que o praticam uns 20 milhões de habitantes (6% do total de budistas)
  2. Principais países vajrayānas são: Tibete, a Mongólia, a China (Sudoeste), a Índia (Norte) e Butão

NOTAS:

  1. O budismo shingon é uma variante lamaísta praticada no Japão
  2. No Japão também pratica-se o budismo ZEN

Embora como vemos alguns países da Civilização Budista coincidem com a área de influência Sínica e outros com a área de influência Hindu. Em tudo caso, a efeitos de integração económica, os consideraremos todos incluídos no Espaço Económico Budista.

Localização da Civilização Budista.

Civilizações e integração económica



(c) EENI Global Business School (1995-2023)
Não usamos cookies
Topo da página

EENI: O Conhecimento leva à unidade, assim como a ignorância à diversidade