Escola de Negócios EENI Business School

Negócios na Guiana. Economia guianense


Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) da EENI

Comércio exterior guianense, negócios em Caiena (Guiana)

  1. Introdução à a Guiana
  2. Negócios em Caiena
  3. Economia guianense
  4. Comércio exterior guianense
  5. Oportunidades de negócio na Guiana
  6. Acesso ao mercado guianense
  7. Plano de negócios para Guiana

Os objetivos da UC «Comércio internacional e negócios na Guiana» são:

  1. Analisar a economia, o comércio exterior e os investimentos guianense
  2. Avaliar as oportunidades de negócio na Guiana
  3. Analisar as relações comerciais da Guiana com o país do estudante
  4. Conhecer os acordos comerciais da Guiana
  5. Desenvolver um Plano de negócios para o mercado guianense

Estudantes, Curso Mestrado Doutoramento, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

A UC «Comércio exterior e negócios na Guiana» é estudada nos seguintes programas de ensino superior online ministrados pela EENI Global Business School:

Mestrado em Negócios Internacionais, Comércio Exterior.

Mestrados em Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Formação online

Doutoramento: Comércio Mundial.

Doutorados (Doutoramentos) Profissionais em Negócios Internacionais - Formação online

Línguas: Ensino superior à distância (Cursos, Mestrados, Doutoramento) em Português, comércio exterior + Mestrados e Doutoramento em Negócios Internacionais em inglês Guyana Mestrado Comércio Exterior em francês Guyane Mestrado negócios internacionais comércio exterior EAD em Espanhol Guyana.

Negócios na América Central

Comércio exterior e negócios na Guiana:

Acesso preferencial / Acordos comerciais

Acesso preferencial e acordos comerciais da Guiana:

  1. A Guiana e o Espaço Económico Caribenho
  2. Associação Estados das Caraíbas (AEC)
  3. CARICOM
    1. Acordo CARIFORUM-UE
    2. Acordo Colômbia-CARICOM (Guiana)
    3. Acordo CARICOM-República Dominicana
    4. Acordo do Reino Unido-CARIFORUM
    5. Acordo Costa Rica-CARICOM (Guiana)
  4. Iniciativa da Bacia das Caraíbas (ICC) dos Estados Unidos
  5. Sistema Económico Latino-Americano (SELA)
  6. União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)
  7. Sistema de Comércio Preferencial entre os Estados-membros da Organização para a Cooperação Islâmica (TPS-OCI)
  8. Sistema Global de Preferências Comerciais
  9. A Guiana é um estado associado ao MERCOSUL

Facilitação do Comércio Exterior

  1. OMC
    1. AGCS
    2. Acordo Facilitação do Comércio
    3. Acordo Aplicação Medidas Sanitárias
    4. Acordo Inspeção Pré-embarque
    5. Acordo Barreiras Técnicas ao Comércio
    6. Acordo Salvaguardas
  2. OMA
    1. Convenção de Quioto
  3. Oficina de Contentores e Transporte Intermodal
  4. Convenção de Chicago (OACI)
  5. OMI
    1. Convenção Seguridade Contentores
    2. Convenção de Istambul - Não membro

Integração da América Latina

  1. OEA
  2. CEPAL
  3. Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  4. CELAC
    1. Cimeira UE-CELAC
  5. Cúpula América do Sul-África

Organizações islâmicas

  1. Cúpula América do Sul-Países Árabes
  2. OCI

Globalização e organizações

  1. BM
  2. FMI
  3. OMC
  4. Commonwealth
  5. NU

  1. Capital guianense: Caiena
  2. Fronteiras da Guiana: Brasil, Suriname e Venezuela
  3. Área da Guiana: 214.969 km2
    1. Tensões territoriais com a Venezuela pelo controle da chamada Guiana Esequiba (74% do território da Guiana)
    2. Tensões territoriais com o Suriname pelo controle da região de Tigri (7% do território da Guiana)
  4. População da Guiana: 800.000 pessoas
    1. Densidade da população guianense: 3.65 habitantes / km2
    2. O 50% da população são indo-guianenses (originários da Índia)
    3. O 40% da população é de origem africana
  5. A língua oficial da Guiana é o inglês
    1. Idiomas locais: caribes, crioulo da Guiana
    2. O espanhol e o português são bastante utilizados
  6. Abolição da escravatura na Guiana: 1846
  7. Principais rios: Esequibo e Demerara
  8. Clima da Guiana: equatorial-tropical
  9. Primeiros habitantes da Guiana: Arahuacos e Caribes
  10. Colonização espanhola: 1594
  11. Controle da Guiana pelos holandeses e pelos ingleses
  12. 1831: Guiana britânica
  13. A Guiana torna-se independente do Reino Unido em 1966
  14. Nome oficial: República Cooperativa da Guiana
  15. Tipo de Governo: República semipresidencialista
  16. A Guiana pertence à Comunidade de Nações (Commonwealth, a Rainha é Isabel II do Reino Unido)

Principais religiões na Guiana:

  1. Cristianismo: 57 % da população guianense
  2. Hinduísmo: 24% da população guianense
  3. Islão: 7% da população guianense

Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo) Hinduísmo, Zoroastrismo, Jainismo, Siquismo e Negócios Internacionais

Negócios na Guiana, Caraíbas

A Guiana pertence ao:

  1. Espaço Económico Caribenho da Civilização Ocidental
  2. Espaço Económico Hindu
  3. Espaço Económico Islâmico

A economia guianense.

  1. PIB guianense: 6.093 milhões de dólares
  2. PIB per capita da Guiana: 7.919 dólares
  3. 2007: o Banco Interamericano de Desenvolvimento perdoou a dívida da Guiana
  4. A principal atividade económica da Guiana é a agricultura: arroz, vegetais, tubérculos, frutas cítricas, coco
  5. Indústria de alumínio, baseada em importantes depósitos de bauxita
  6. Depósitos de diamante, ouro e manganês
  7. A Guiana possui importantes recursos florestais (bosques)
  8. Indústria têxtil
  9. Moeda guianense: o Dólar guianense (GYD)
  10. Código da Internet da Guiana: .gy

Comércio exterior / internacional

Comércio exterior guianense.

  1. As principais exportações da Guiana são: açúcar (28% das exportações), cacau, café, ouro, bauxita, arroz, camarão, melaço, rum, madeira, frutas cítricas.
    1. A Guyana Sugar Corporation (GuySuCo) é uma das maiores empresas da Guiana, exporta açúcar
    2. Exportação importante de camarão
  2. As principais importações da Guiana são: produtos manufaturados, maquinaria, petróleo e alimentos
  3. Principais parceiros comerciais: Canadá, Reino Unido, Portugal, Jamaica, Trindade e Tobago, China, Cuba, Singapura, Japão, Brasil e Suriname
  4. Acordo com Venezuela para a importação de petróleo (Petrocaribe)

Transporte e logística internacional. Formação online

Transporte internacional na Guiana:

  1. Principal Porto marítimo: Porto de Caiena, no estuário do rio Demerara (navegable)
  2. Portos fluviais em Essequivo, Everton, Porto Kaituma e Nova Amesterdão-Lindem
  3. 7.970 quilómetros de rodovias (590 quilómetros pavimentadas)
    1. Condução à esquerda
  4. 187 quilómetros de linhas ferroviárias
  5. Aeroporto Internacional Cheddi Jagan


(c) EENI Global Business School (1995-2023)
Não usamos cookies
Topo da página

EENI: O Conhecimento leva à unidade, assim como a ignorância à diversidade