Escola de Negócios EENI Business School

Corredor Norte-Sul (SADC EAC COMESA)



Compartilhar por Twitter

Conteúdo programático da unidade curricular (UC) da EENI

Botsuana, Congo, Moçambique, Tanzânia (Corredor Norte-Sul)

  1. Introdução ao Corredor Norte-Sul (África)
  2. As principais características do Corredor Norte-Sul
  3. Um projeto-chave do Acordo de Livre-Comércio tripartido
  4. Acesso a oito mercados da África Oriental e Austral: o Botsuana, a RD Congo, o Maláui, Moçambique, a África do Sul, a Tanzânia, a Zâmbia e o Zimbábue

Exemplo: Corredor Norte-Sul (África)
Corredor Norte-Sul: o Botsuana, a RD Congo, o Maláui, Moçambique, a África do Sul, a Tanzânia, a Zâmbia e o Zimbábue

Transporte e logística em África

Corredores africanos.

Estudante Doutoramento, Mestrado, Negócios Internacionais, Comércio Exterior

Negócios na África Oriental

Corredor Norte-Sul.

O Corredor Norte-Sul (África), 10.647 quilómetros, enlaça:

  1. A África Central: a RD Congo
  2. A África Oriental: o Maláui, Moçambique e a Tanzânia
  3. A África Austral: o Botsuana, a África do Sul, a Zâmbia e o Zimbábue

Negócios na África Ocidental

As principais características do Corredor Norte-Sul:

  1. Iniciado em 2009
  2. Custo estimado do Corredor Norte-Sul: 11 bilhões de dólares
  3. Redes de rodovias do Corredor Norte-Sul: 8.600 quilómetros
  4. Redes de transporte ferroviário: 600 quilómetros
  5. Inclui o Corredor de Dar es Salaam e partes dos corredores Trans-Kalahari e Nacala
  6. Estima-se que 95% das exportações e das importações da região do Tripartido são transportados pela Rodovia do Corredor Norte-Sul e 5% através as das redes de Caminhos de Ferro

O Corredor Norte-Sul (Programa de Assistência para o Comércio exterior) é um dos pilares do Acordo Tripartido formado por:

  1. Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA)
  2. Comunidade da África Oriental (EAC)
  3. Comunidade Desenvolvimento da África Austral (SADC)

Principais cidades do Corredor Norte-Sul:

  1. Tanzânia: Dar es Salaam, Nguerengere, Morogoro, Kitonga, Iringa, Mafinga, Makambako, Igawa, Uyole
  2. Maláui: Uyole, Chiweta, Mzuzu, Lilongwe, Blantyre
  3. Botsuana: Gaborone, Francistown
  4. África do Sul: Joanesburgo, Pretória, Durban
  5. República Democrática do Congo: Likasi, Kolwezi
  6. Zimbábue: Harare, Bulawayo
  7. Zâmbia: Lusaca, Ndola

O Corredor Norte-Sul enlaça com os seguintes corredores transafricanos:

  1. Cairo-Gaborone
  2. Corredor Ásia-África

Os portos mais próximos ao Corredor Norte-Sul:

  1. Porto de Durban (África do Sul)
  2. Porto de Maputo (Moçambique)
  3. Porto de Dar es Salaam (Tanzânia)

Língua principal: inglês.

Principal religião da região do Corredor Norte-Sul: Cristianismo.

Cristianismo e Negócios (catolicismo, protestantismo)

O Corredor Norte-Sul pertence à Civilização Africana.

  1. Espaço Económico da África Austral
  2. Espaço Económico da África Oriental
  3. Espaço Económico da África Central

Portal Negócios em África da EENI.

Confiamos em áfrica. Ensino superior a preços acessíveis para os africanos. Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé



(c) EENI Global Business School (1995-2024)
Não usamos cookies
Topo da página

EENI: O Conhecimento leva à unidade, assim como a ignorância à diversidade